CASA NOVA:

https://www.facebook.com/pages/É-Sagrado-viver

30 de março de 2011



"Meu amor independe do que me fazes. Não cresce do que me dás. Se fosse assim ele flutuaria ao sabor dos teus gestos. Teria razões e explicações. Se um dia teus gestos de amante me faltassem, ele morreria como a flor arrancada da terra. “Amor é estado de graça e com amor não se paga”. Nada mais falso do que o ditado popular que afirma que “amor com amor se paga”. O amor não é regido pela lógica das trocas comerciais. Nada te devo. Nada me deves. Como a rosa que floresce porque floresce, eu te amo porque te amo".

(Rubem Alves)

4 comentários:

  1. Rubem Alves foi um tanto quanto simplista aí, já que sempre nosso amor depende do que o outro faz, nos trata, nos dedica, nos ama. Embora ele é que está certo, deveria ser assim mesmo. No meu caso ainda nao é.

    ResponderExcluir
  2. Marla já diz:

    "O maor é feito de liberdade. (...) e todo dia fazer a mesma escolha"


    Ou como já escrevi aqui, palavras do próprio Rubens: "o amor deixa livre"

    Deixa ser e se deixa ser...


    AdOoooOOOooRoooOOOOOoooo aqui!!!!

    ResponderExcluir
  3. Tem uma coisa que sempr eme traaz pra cá...

    ResponderExcluir
  4. Amor é estado de graça...e com amor não se paga...lindo...Querida ando com pouco tempo de estar aqui...mais adoro esse cantinho...me dá muita paz...fica com Deus bjs!!!

    ResponderExcluir

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

(Exupéry)