CASA NOVA:

https://www.facebook.com/pages/É-Sagrado-viver

28 de maio de 2011

Menino Jesus de Praga

Desejo, como quem sente fome ou sede,
um caminho de areia margeado de boninas,
onde só cabem a bicicleta e seu dono.
Desejo, com uma funda saudade
de homem ficado órfão pequenino,
um regaço e o acalanto, a amorosa tenaz de uns dedos
para um forte carinho em minha nuca.
Brotam os matinhos depois da chuva,
brotam os desejos do corpo.
Na alma, o querer de um mundo tão pequeno
como o que tem nas mãos o Menino Jesus de Praga.

(Adélia Prado)

12 comentários:

  1. Quanta delicadeza
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  2. San,

    Que coisa mais linda passar aqui nesse sábado chuvoso e frio, e ler uma mensagem dessas pra aquecer o coração!!!
    Ganhei a noite!

    (Amada, to surtada com esses problemas do blog, mas sorte que ainda tá dando pra comentar).

    Receba um abraço imenso meu!

    ResponderExcluir
  3. Uma poesia deliciosa Sam "... os matinhos crescendo depois da chuva /brotam desejos ... "
    e hoje está mesmo assim , o inverso se anuncindo.
    abrços Sam
    um bom domingo

    ResponderExcluir
  4. Ahh,Samm!
    quanta doçuuura!
    Que assim seja :)
    saio daqui levando estes pensamentos!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Como o orvalho pousando suavemente sobre a grama na madrugada, quero que a paz inunde a tua alma.
    Sam linda a poesia da Adélia, tão delicada quanto tudo que ela descreveu.
    Um beijo bem grandão pra você e um domingo maravilhoso.

    ResponderExcluir
  6. ´mto bom chegar aqui e encontrar estas belezas de mensagens, meu blog tem um estilo diferente sou meio pecador, acho q pecador no q escrevo, porém sou uma pessoa com a vida regrada de oração e fé dentro do catolicismo, portanto meu parabéns por postagem como esta e outras q aqui encontrei, pra vc bjos, bjos e bjossssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Sam, que lindo! são esses os meus desejos, fome e sede da ternura que aqui encontro.

    Que lindo comentário o teu na minha página!! *-*
    Beijooo

    ResponderExcluir
  8. Sam, me perdoe por vir com menos frequencia aqui, ultimamente, não tenho conseguido vir todos os dias, somente aos finais de semana...mas nunca deixo de vir te ler, saiba disso. :)

    ResponderExcluir
  9. Amo Adélia Prado miga!
    Esse texto, em especial, que parece mais uma prece, doce, terna, e desejos sinceros. Nao conhecia essa imagem, muito fofa!

    Me fez lembrar que Praga é linda, tive a oportunidade inesquecível de passar por lá.
    Sam, eu adorei o texto da Marta, e citando Viena, porque Viena é exatamente o que ela disse!!!!!!! rs

    Eu brinco sempre que aqui é bom pra criar filhos, ter uma vida pacata, porque pra fazer muitas coisas é tudo muito caro, e quem nao tem dindim (meu caso) nao dá pra aproveitar tudo que tem.

    Lindona, um bom resto de domingo pro cê, quando passar pelo Style denovo e puder ouvir, tem um "karaokê" lá que coloquei hoje, é um áudio que foi melhorado no estúdio de um ex namorado, ele era músico. Foi feito num momento muito especial, e por isso guardo com carinho, mesmo nao sendo 100% original, minha voz nao é afinada daquele jeito nao.

    ResponderExcluir
  10. Esqueci de te dizer que achei linda uma frase que usou no seu coment na Meiroca e botei no meu Face, as pessoas estao gostando... você tem Sam? Se tiver e quiser me add, no Style tem o link, fique à vontade.

    ResponderExcluir
  11. Adélia: dispensa muitas palavras.

    Fala por si.

    Que seja doce!


    Um beijo!

    ResponderExcluir
  12. Que coisa mais doce é essa Adélia né??!

    Tenho uma ligação bem forte e bem firme com ela. É q ela nasceu com esse dom bonito de falar por mim... Eu fico feliz!


    Sandra, ta td tão lindo por aquii :)


    Um beijo, cem beijos!

    Marí =)

    ResponderExcluir

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

(Exupéry)