CASA NOVA:

https://www.facebook.com/pages/É-Sagrado-viver

16 de maio de 2011

É preciso amar o inútil. Criar pombos sem pensar em comê-los, plantar roseiras sem pensar em colher rosas, escrever sem pensar em publicar, fazer coisas assim sem esperar nada em troca. A distância mais curta entre dois pontos pode ser a linha reta, mas é nos caminhos curvos que se encontram as melhores coisas. Este céu que nem promete chuva. Aquela estrelinha que esta nascendo ali... Está vendo aquela estrelinha? Há milênios não tem feito nada, não guiou os Reis Magos, nem os pastores, nem os marinheiros. Não fez nada. Apenas brilha. Ninguém repara nela porque é uma estrela inútil. Pois é preciso amar o inútil porque no inútil esta a beleza. No inútil esta Deus.


(Lygia Fagundes Telles)

32 comentários:

  1. Uau!
    Que profundo isso!
    e é ai que mais me convenço de que muita gente deixa de ser feliz por pensar que para ser feliz necessita de algo grande e valioso para que todos percebam,quando na verdade vem tudo da simplicidade de como vivemos. Amar também,acontece quando não esperamos.
    Lindooooooooo esse post!
    Beijos,Querida*

    ResponderExcluir
  2. oi Sam.

    cheguei,
    obrigada pelo carinho,
    amanhã tem você lá no somente amor...
    é dia de festa!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, muito bem escolhido o post! Adorei a imagem tbm!
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente com a Lygia que eu adoro, criar expectativas em cima de certas coisas e/ou pessoas principalmente não é nada bom. O bom mesmo é deixar as coisas indo, indo até que aconteça algo que nos surpreenda encantadoramente :)
    amei o texto...bjo grande flor!

    ResponderExcluir
  5. E a gente precisa só do que está ao nosso alcance pra ser feliz e nem notamos.

    Meu beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Sam,
    Lindo post. Parabéns!
    Abç

    ResponderExcluir
  7. Lindo e muito bom passar aqui! beijos,ótimo dia,chica

    ResponderExcluir
  8. Nossa! Muito belo.
    A simplicidade das coisas...
    É disso que se precisa para quebrar barreiras.

    Beijinho Sam
    Fernanda

    ResponderExcluir
  9. Não
    Não. A Lygia me convenceu
    Como poderia o inútil amar
    Vir aqui ler o que escreveu
    e nem sequer a comentar?
    Citar a Lygia é provocar a alma e a mente
    e isso é de uma utilidade premente...

    Acho que Lygia apenas quis mostrar a inútilidade de Deus
    Aí estou de acordo, como aliás todos os ateus...

    ResponderExcluir
  10. É nas coisasb mais simples que reside a beleza.
    beijo

    ResponderExcluir
  11. Encantada com a imagem,


    Acredita que li esse trecho ontem a tarde?

    Vejo tanta vida no inútil. E Lygia, delicadamente, tirou tanta coisa dele, e escancarou, aos nossos olhos crús,

    Adorei,



    Tanta sensibilidade Tens sempre, reflexo desse coração enorme e lindo,


    Um beijão!!!

    ResponderExcluir
  12. Como gostava de ter o dom das palavras...
    Simplesmente lindo.

    Kisses

    ResponderExcluir
  13. Lindo ; muitas pessoas enchem seus pátios de concretos, eu prefiro grama e jardim, planto flores para ver sua beleza e não para cortar, é maravilhiso abrir a janela pela manhã e ter um jardim e como se pudesse "Escutar" a voz de Deus me desejando bom dia através dos pássaros que ali vem, borboletas e outros bichinhos.

    Penso que inútil é o consumismo, e pessoas mesmo que vivam como répteis rastejando nas suas lamúrias, acredito que Deus terá misericórdia e nelas também descobriremos beleza e utilidade.

    Bjs adorei o post.

    ResponderExcluir
  14. Olá

    O inútil é ,quase sempre, o belo e simples da vida...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. No inútil está Deus, está a beleza inútil das coisas que nos enchem a alma de alegria.

    ResponderExcluir
  16. Por vezes a felicidade está mesmo ali ao lado e não notamos, por vezes basta abrir a janela...
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Eu amo a Lygia *--* na verdade meu nome foi em homenagem a ela.

    O seu blog é muito lindo e estou seguindo, beeijos

    ResponderExcluir
  18. A verdadeira poesia está nas pequenas coisas, e Lygia conseguiu com maestria traduzir isto. Enorme beijo SAM.

    ResponderExcluir
  19. Boa noite, querida amiga Sam.

    Lindo, lindo!!
    O pano de fundo está lá... Tampando por detrás do tablado, para que o espetáculo aconteça, e os protagonistas sejam aplaudidos e ganhem seus troféus. Cada um no seu papel.

    Um grande abraço.
    Tenha uma linda semana de paz.
    ---------------------------------------------
    (Muito obrigada pela sua atenção e gentileza)

    ResponderExcluir
  20. Oi Sandra! Faço parte do projeto escolar "Idoso: Inclusão não tem idade" que está na luta pelos direitos e valorização da pessoa idosa. Convido você para conhecer a nossa equipe através de Um Cantinho Especial (o link você encontra no fim deste comentário), blog que criamos para o projeto afim de divulgar nosso trabalho e proporcionar a prática cidadã na sociedade. Será um prazer encontrar você por lá, onde poderemos discutir e abraçar temas e ações pouco socializados na sociedade.

    *Ah, fico feliz também por ter-te no orkut!

    Um grande abraço,
    "Projeto IINTI"

    http://emjpcantinhoespecial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Boa escolha Sam uma grande mulher que sabe o que
    escreve, gosto muito.
    O inútil só é inútil até o descobrirmos.
    deixo um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  22. La vida es amor y fuera del amor solo
    existe el vacío.
    un placer leerte.
    feliz semana.

    ResponderExcluir
  23. Lindo, leve e suave teu cantinho !!!
    Adorei...
    Ja estou seguindo
    Um lindpo e Abençoado dia.

    Doce beijo.

    ResponderExcluir
  24. Um pensamento muito bom... dá o que pensar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Apenas ser a magia de existir e agir na simplicidade da ação;seguir impulsos conhecidos e fazer os gostos percebidos dão tranquila certeza de sabida realização.
    Amar o inútil é ver a grandeza de Deus.
    A Lygia apontou o escondido e trouxe-o à vista de todos.
    Tuas escolhas, Sam, são imperdíveis!
    OBS: Obrigada pelas palavras incentivadoras lá no Fractais.Estou me soltando mais por isso.
    Bjinhos linda,
    Calu

    ResponderExcluir
  26. Sam seguindo tanta ternura e poesia.
    Bj da Zilma.

    ResponderExcluir
  27. Ao tempo que busco essa inutilidade que me fará feliz... sem a ter encontrado ainda!

    ResponderExcluir
  28. Post lindo este, amada!!!
    beijos nalma
    Compartilhei*_*

    ResponderExcluir
  29. Lygia é mesmo uma sábia né?

    Por isso que Caio a amava tanto.

    Lindo seus posts San!

    Eu finquei meu pés aqui e não saio mais!

    Um beijoo!

    ResponderExcluir

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

(Exupéry)