CASA NOVA:

https://www.facebook.com/pages/É-Sagrado-viver

20 de maio de 2011

(In) compreensão.

(...) Mas se eu esperar compreender para aceitar as coisas — nunca o ato de entrega se fará. Tenho que dar o mergulho de uma só vez, mergulho que abrange a compreensão e sobretudo a incompreensão.
E quem sou eu para ousar pensar? Devo é entregar-me. Como se faz?
Sei porém que só andando é que se sabe andar e — milagre — se anda.

(Clarice Lispector)

23 comentários:

  1. é tão difícil pensar no ato de se entregar,mas só sabemos que nos entregamos a partir do momento que os problemas se tornam menores apenas com um sorriso ou um abraço ;)
    Lindo pensamento de Clarice.
    Saudades de tii Saam!
    Beijo grande*

    ResponderExcluir
  2. Sam, Clarice é o que há...e como ela mesmo diz "em não entender é que se está o belo." Lindinho post.
    bjo grande pra ti ;)

    ResponderExcluir
  3. Você nos traz os melhores quando se fala em expressar seja o que for!
    Adoro ler Clarice. :)

    (F)

    ResponderExcluir
  4. Oi Sam, deixa tua opinião aqui sobre um tema polêmico que escrevi em meu blog (http://cynthiadayanne.blogspot.com/2011/05/um-contra-outro-favor.html). Sua participação é importantíssima!

    Vamos fazer andarilho por essa maravilha de vida afora!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Sandra,

    Que texto maravilhoso. Clarice é única.

    Só dando um passo atrás do outro, pra chegar em algum lugar,

    Impossível ser diferente,


    Que esse final de semana seja maravilhoso!!!


    Estás sempre em meu coração,


    Um beijo enorme

    ResponderExcluir
  6. Clarice vai ficar eterna em nossas vidas né?
    Como ela consegue ser tão unica eu não sei, amei.

    ResponderExcluir
  7. Clarice sempre nos surpreende. Em cada texto, várias reflexões.
    Bjux

    ResponderExcluir
  8. Só ousando se saberá o que está para lá da próxima curva...
    Cecília é tão intensa!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  9. É Sam,
    Só se faz fazendo. Essa é a única maneira de aprender.
    Clarice sempre maravilhosa e você sempre descavando textos reflexivos como esse.
    Beijos querida e um fim de semana de paz.

    ResponderExcluir
  10. Lindíssima,
    é grande ousadia esta, a de se entregar sem compreender ou ao menos vislumbrar o cerne da compreensão.
    Creio que muitos de nós, bichos civilizados, ficamos treinados na arte de desconfiar, olhar pros lados antes de ir em frente, duvidar primeiro, entregar-se depois.Acontecem sim casos raros,o contrário, mas de tão raros viraram filosofia poética como assim o narra Clari
    ce.
    Mas é bom que raridades como essa venham a serem vistas e pensadas.
    Que bom que temos Clarice. Que bom que temos Sam.
    Mil bjinhos,
    Calu

    ResponderExcluir
  11. Se entregar nem sempre é fácil, chega a dar medo, assustar. mas em certos momentos, mesmo que incompreendidos, se faz necessário. Necessário para viver.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Sam belisina entrada.....Sei porém que só andando é que se sabe andar e — milagre — se anda... grande verdade...

    saludos
    otimo final de semana amiga
    abracos

    ResponderExcluir
  13. oi Sam,

    o segredo é não parar nunca,
    um passo de cada vez,
    se vai ao longe...

    adoro Clarice,
    linda escolha a sua

    obrigada pelo carinho
    beijinhos

    ResponderExcluir
  14. suuper lindo , adorei *-*
    se puder de uma passadinha no nosso blog S2
    beijos

    ResponderExcluir
  15. San, boniteza de menina.

    Um passo por vez, e a gente chega lá.

    I LOVE CLARICE!


    I LOVE Sandrinha!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom, Sam, a citação! Aceitação e (in)compreensão. Nisso acredito que, aceitar alguém ou algo que vem até nós precisa ser primeiro do que o compreender. Pois, para compreender de forma profunda e menos distorcida possível é preciso aceitar, como aquilo se apresenta, sem julgamentos ou racionalizações excessivas... ;]

    ResponderExcluir
  18. Oi Sam
    Tão simples ela ensina , apenas entregar-se!
    caminhando passo a passo , aprendendo com o passos...
    lindo simples e intenso como a autora.
    beijinhos e bom sábado

    ResponderExcluir
  19. Gostei demais de vir aqui. Adorei seus textos iluminados. Tenha muitas alegrias pra todo dia e por muitos e muitos anos. Felicidaddes, saúde e alegria duradouras. Hiper abraço.
    João,poeta.

    ResponderExcluir
  20. O meu defeito é pensar tanto... e depois já não sei andar!

    ResponderExcluir
  21. Adorei a escolha da postagem!
    Se formos esperar o tempo de compreender as pessoas para permitir que só tornem parte de nossas vidas, seria tarde demais!

    Um beijo, querida!
    Amei o seu blog!
    Seguindo você (:

    ResponderExcluir
  22. Belo texto. Não é fácil compreender aquilo que nos rodeia, mas isso não pode nunca nos impedir de andar em frente...

    Bom fim-de-semana

    Runa

    ResponderExcluir
  23. Acho já disse aqui, mas quando leio Clarice, tenho a sensação da própria subjetividade entrar em crise, ela era única!
    Esse trecho é de algum livro dela Sam? Eu nunca tinha lido, é muito lindo.

    * Você também gosta do Dr. House? A música do meu post é o tema da química inconstante dele e da Dra. Lisa rs... linda né!

    ResponderExcluir

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

(Exupéry)