CASA NOVA:

https://www.facebook.com/pages/É-Sagrado-viver

20 de junho de 2011

Meu saco de ilusões, bem cheio tive-o.
Com ele ia subindo a ladeira da vida.
E, no entretanto, após cada ilusão perdida...
Que extraordinária sensação de alívio!

(Mário Quintana)


(...) Há muitas perdas quando se termina algo que não se queria ter terminado: muda-se a auto-imagem, alegrias ficam suspensas, sonhos desaparecem por um tempo e nenhuma cor na paisagem. O cotidiano fica obscurecido por aquela lacuna aberta no meio do que era a parte mais interessante dos dias.
Com o tempo, você analisa que abrir mão de algo muito importante, só se faz quando se tem um motivo maior que esse algo: seja um propósito, uma crença, um valor íntimo, uma obstinação qualquer que te oriente para essa escolha que já se sabia tão dolorosa. É um sacrifico voluntário por algo mais pleno, mais grandioso em Beleza. E, nestas análises, você descobre outras perdas que são positivas: perde-se também a ansiedade, a insegurança e a ilusão. E você aprende a recomeçar agradecendo por vitórias tão pequenininhas...
Como quando é noite e antes de dormir você se enche de gratidão:
“Deus, obrigada, porque é noite e eu tenho o sono... Que venha um sonho novo, então.”

(Marla de Queiroz)

34 comentários:

  1. Muito lindo! beijos,boa noite,chica

    ResponderExcluir
  2. ERA DESTE TEXTO QUE EU PRECISAVA HOJE...
    OBRIGADA, SAM!

    ...QUE VENHA UM SONHO NOVO!
    BOA NOITE.

    ResponderExcluir
  3. Bem interessante postagem se em uma a perda alivia,em outro ela faz esta mistura em nossa vida SAM,o sentimento de perda em outra otica.Mas ambos estimuladores no sonhar e esperar por um dia melhor.
    Amei Sam.
    Uma bela semana na paz.
    Bju de luz nos seus dias.

    ResponderExcluir
  4. Sam
    tem selo pra ti no meu segundo blog, mas sinta-se à vontade para seguir ou não os procedimentos ok?!
    Na realidade o que me importa é que vc saiba que seu blog faz diferença no meu dia a dia! =)
    Beijos!

    http://epifaniasdeumaflor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Sam,

    Vc me acompanha desde sempre... Sabe que eu brigo com o desapego... Sabe que as vezes, piso na bola, as vezes deixo a falta falar mais alto...

    Mas eu estou aprendendo.
    Principalmente a me encontrar, a ver as coisas de maneira diferentes... Mas não vou falar de mim.

    Vou é agradecer pelo texto lindo, que tem encaixado nos meus dias, e deixo uma frase que tenho seguido à risca:

    "Deixar ir, não significa desistir, mas sim aceitar que há coisas que não podem ser."
    (Pedro Quintella)

    É isso!

    Sam,

    Passei punhado de vezes aqui no final de semana: sede de doçuras!

    Que a semana seja maravilhosa,

    Vc segue comigo, em meu coração.


    Bjs

    ResponderExcluir
  6. oi Sam,

    que bom que a cada noite,
    nos é dado de presente
    um sonho novo,

    e assim será,
    se hoje a paisagem perdeu
    o colorido,
    amanhã veremos um arco-íris
    a cada esquina...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Essa introdução com Mário Quintana é maravilhosa.

    ResponderExcluir
  8. Está tudo impecável, adorei o post.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  9. Olá Sam
    Perder é muito difícil e dolorido, o que não podemos, é ficarmos chorando as perdas e nos esquecermos das novas conquistas.
    Bjux

    ResponderExcluir
  10. San, minha LINDEZAAAAAA!

    Todas as vezes que um sonho é desfeito, vem a dor.

    Mas depois que a dor passa, porque ela PASSA, a gente se enche de esperança, estupa o peito, infla o coração, abre as janelas da alma e diz:

    - QUE VENHA UM SONHO NOVO ENTÃO -

    E os sonhos sempre vem. Tudo é recomeço!


    Minha linda, fiquei maus mesmo da gripe, de camaaaaaaa rs, mas passou. Esse frio que gela a alma, esse tempo maluco! Agora to super bem.
    Sanzinha, nós duas somos tão amigas, que entre nós nem tem esse negócio de pedir desculpas viu.
    A gente qdo é amigo, sabe que o outro tem sua vida corrida como nós temos, e que o tempo nem se mede em palavras. Você tá dentro do meu coração e isso que importa.
    Eu tenho uma vida doida tbm San, só consigo sentar mesmo aqui a noite, e qto a esse tanto de seguidores, eu não consigo comentar em todos eles, não tem como, e acho que eles entendem isso.
    Os verdadeiros amigos entendem.
    Muitos apenas seguem San, porque gostam do que a gente posta, mas alguns passaram a me ser essenciais, e esses essenciais eu não consigo ficar longe, e uma dessa pessoas é você!
    Seu espaço pra mim, é como o da Alê: Um santuário, e além do blog lindooo,a gente tem essa amizade tão abençoada. Muitas vezes me assustei tbm com o crescimento dele, quis trancar comentário, quis tantas coisas, assim como você. Mas a gente não pode ter isso aqui como obrigação em retribuir entende, senão a gente surtaaaaa rs. E nem ouseeeeee parar com esse blog viu, eu preciso, eu necessito me alimentar aqui com tanta palavra bonita.
    Meu prato do dia é aqui!
    San, eu sei que já te disse isso mil vezes, mas nunca vou me cansar de repetir:
    Você é especial pra mim, essêncial na vida.
    Eu adoro você de montão mesmoooo!
    E agradeço a Deus sua existência!

    Um beijoooo!

    ResponderExcluir
  11. Samzinha, enfrentamos tantas perdas pela vida, eu já vivi cada uma de doer a alma, que me dá calafrios pensar que pela frente isso ainda vai acontecer N vezes. Essa frase "muda-se a auto-imagem" é mega verdade. E é fato que temos que mudar muita coisa, não só em nós, mas em tudo o que fazemos, meio que começamos do 0. Tudo de novo. Redescobrir a alegria que a vida pode nos trazer. Às vezes é preciso fechar aquela porta com chave e jogá-la fora...mesmo que doa.
    Esse seu post pegou na veia do meu dia hj menina!!! caraca!

    Tenha uma linda terça flor, bjokitas com imenso carinho ;)

    ResponderExcluir
  12. que ven ha um sonho novo e e em breve

    ResponderExcluir
  13. "Há muitas perdas quando se termina algo que não se queria ter terminado"

    acho a cada perda, vamos nos perdendo feito pétalas no chao... só temos que cuidar pra nao perdermos o perfume que exala de nós, nos transformando em flor do mal. Leveza, sempre, mesmo parecendo impossível na hora de chorar aquilo que se perdeu e tanto queria... ahh isso me fez lembrar um fora bem levado que levei com direito a traição, eita!

    # Entendi seu comentário sobre o tempo, o resto respondo por lá......

    Amei essa post lindonona, aliás, você sempre arrasa na escolha deles,
    Beijossssssssssssssssssssss

    # sente que chique vai ficar meu comentário com o nome do CaFoFo ;)

    ResponderExcluir
  14. diz-se muitas vezes, e penso que aqui vem a propósito...
    "que há males que vêm por bem".
    é certo que muitas coisas que deixamos, que perdemos, machucam mas...
    e se elas são o contributo do despoletar de novas descobertas, segredos ocultos, que a vida nos oferece a seu tempo?

    ResponderExcluir
  15. Sam,
    Que doçura!
    que venham sonhos novos a cada fechar dos olhos,e ao abrir nos ver dentro deste sonho!
    Beijos,Querida.

    ResponderExcluir
  16. Sam,
    Fantástico o texto de Mário Quintana.
    As perdas são dolorosas, mas inevitáveis. Por isso precisamos estar sempre fortalecidos para quando chegar o momento de enfrentá-las. Muitos acontecimentos vêm para provocar mudanças necessárias, para nosso crescimento e para a nossa própria felicidade. O primordial é que sempre surge uma nova esperança, uma nova luz, um novo caminho. Nunca somos abandonados.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  17. É bem certo que há desilusões no momento que se tornam em alívios passado um tempo!

    ResponderExcluir
  18. Que lindo post Sam.
    É bem assim mesmo, a gente se parte com as perdas, mas começa a ver novos horizontes a partir delas. Conhece a historinha dos dois vasos? O homem levada água em um vaso rachado e em um perfeito, que se orgulhava por chegar ao destino carregando toda a água, enquanto o outro se entristecia por chegar só com metade dela. Um dia quando questionou porque não era atirado fora e substituído por um que fizesse o trabalho com perfeição o dono mandou que ele olhasse o caminho. Só do seu lado haviam flores. Havia vida. Beleza.
    Acho que com a vida da gente é assim. As perdas acontecem sem que possamos controlar, mas precisamos ver aquilo que de belo surge a partir delas.
    Uma linda semana pra ti Sam, que gosto tanto, tanto!

    ResponderExcluir
  19. Lindo demais, Sam!
    Grande beijo!
    Belíssima escolha, como sempre!

    ResponderExcluir
  20. Olá

    Ficam sempre as saudades...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  21. Notar que certas perdas traz alívio e felicidade é uma dádiva sabia?
    Sentir que o peso das ilusões vão se aliviando conforme se perdem pela vida é crescimento e maturidade.
    Saber que pequenas coisas são tão dignas de agradecimentos como as grandes e ser um adorador diante do Pai.
    SamZinha, esse post foi "the best" e eu estava precisando ler, pois hoje estou meio "off"
    Beijokas doces.

    ResponderExcluir
  22. Lina postagem, inteligente, interessante, uma leitura especial é oferecida cada dia q venho a qui por isso pra vc bjos, bjos e bjosssssssssssss

    ResponderExcluir
  23. Mas só se vê as coisas com essa serenidade quando o temporal passa, né, flor? No meio dele só tem desatino.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  24. Sam, minha querida, está tudo bem sim!
    Também estava com muita saudade de você, anda sumida! rs.
    Pois é, eu tentei o vestibular mas fui muito mal. Muito pior do que na vez anterior, que nem tinha estudado nada, sabe...Vou entrar em uma particular aqui perto, enquanto meu pai puder pagar, e vou tentar arranjar um emprego também. Fiquei sabendo que posso tentar, após um ano de curso e através de uma prova, conseguir entrar na UnB. Fiquei muito animada com essa notícia, porque a prova de transferência só tem matérias do curso mesmo, aí acho bem melhor!

    Flor, vê se aparece mais!
    Manda seu orkut, msn, etc... (:
    beijão

    ResponderExcluir
  25. Saaamzita, estava sentindo sua falta :D Eu sempre passo aqui, porque tem uma aura.. e me deixa de bom humor ^^
    Então, eu conheo londrina siim, aliás, tenho familiares aê. UEM, é em Maringá mesmo, mas faço no Campus de Umuarama - PR. Não sei se conhece.. Otima semana, e um bom feriado que há de chegar, Beijosmil. ;*

    ResponderExcluir
  26. O Mário e a Marla são sempre muito essenciais! Belas palavras!!!

    Beijos pra ti, querida Sam!

    ResponderExcluir
  27. A sensibilidade colocada na escolha dos textos e a forma como os cola e ilustra abre-me sempre uma expectativa de um dia ver um escrito seu. Quem acerta em citar acerta na escrita. Experimente. Não sei se ficará contente.
    Eu sim, ficarei. As coisas são assim. Eu sei.
    Quem escreve nem sempre gosta. Quem nos lê, adora.

    Voltarei sempre...
    Vá lá. Tente.

    ResponderExcluir
  28. Miga, essa é a resposta que te dei lá:

    "Sam, entendi bem o que quis dizer. Mas acho quando crescemos também vemos as coisas como sao, só que o problema é que muitas vezes, ou nao queremos ver como sao, ou vemos de maneira deturpada.

    Nao precisa se desculpar, lindonona, tem dias também nao quero papo com a coisa. E nao quero ver você pra baixo, você é muito bonitona pra isso, e creme pra rugas tá muito caro, eu andei olhando já pras minhas e vou continuar com elas hehehe

    Agora falando sério, aproveita o feriado pra dormir bastante e descansar, e nao se cobre tanto, se algo nao dá certo como queremos, daqui a pouco se mostra de um jeito mais adequado ao que esperávamos, comigo sempre foi assim. Mas quando nao foi, eu desisti, esqueci, enterrei.
    Olha aqui meu ombro pro cê, fica assim nao, se precisar e quiser, mande e-mail falando porque tá assim."

    refaça-se lindonona!

    ResponderExcluir
  29. O que seria da vida sem as gotas de ilusões? Aquele acreditar, aquele sonho que se pode realizar... Ou, talvez, renúncias sejam necessárias para que a vida possa mudar, para que se possa ser feliz. Todo dia é dia de sonho... ;]
    legal a citação, Sam. Estou de blog novo.
    http://serjonesbarreto.blogspot.com . umBjo.

    ResponderExcluir
  30. Sam,

    Esse texto foi pra mim, hoje e nesse momento pelo qual estou passando, foi mt bom encontrar seu blog.
    Te seguindo flor!

    Se quiser me visitar ficaria mt feliz em recebê-la no meu cantinho tb.
    http://liviasemcortes.blogspot.com/

    Bjão!

    ResponderExcluir
  31. Que bom que existem as perdas, e as perdas, se é que você me entende.

    Gostei Sam.

    ResponderExcluir

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

(Exupéry)