CASA NOVA:

https://www.facebook.com/pages/É-Sagrado-viver

5 de agosto de 2011

Marrecas Selvagens


"Algumas atravessam o lago voando na superfície, tão rasteiras no seu vôo que os pés vão roçando as águas, deixando atrás de si um leve sulco que logo desaparece. Mas outras fazem a travessia no fundo do lago: submergem completamente para só ressurgirem na outra margem. Então soltam gritos, as asas pesadas de lodo, arrastando ainda nos pés restos de plantas aquáticas. Eu olhava para as marrecas que escolhiam o fundo." 

(Lygia Fagundes Telles)


"Eu sou essa gente que se dói inteira
porque não vive só na superfície das coisas."

(Marla de Queiroz) 

46 comentários:

  1. Sam que coisa mais fofa, esse teu cantinho. Todo iluminado. Pura poesia. voltarei sempre aqui. Um beijo linda e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Olá querida!
    Desculpe andar sumida... Trabalho, família, filho,... Requerem atanção1Rsrsrs...
    Como vc está?
    Melhorastes bem de suas crises renais? Espero que sim.

    Sempre que posso passo por aqui para degustar um pouco de seus magníficos post's.

    bj grande e um big final de semana p/ vc, querida.

    ResponderExcluir
  3. Nada do que é raso e superficial me atrai.
    Gosto da entrega, do mergulho.

    Lygia é linda e tu tb né!
    Sempre maravilhoso teu cantinho aqui!
    É verdade, tu melhorou das crises?

    Beijo amadinha!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo,Sam! um beijo, ótimo fds,chica

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Sentir por inteiro é o melhor que existe para nos conhecermos, nos aprofundar em nós.

    Beijos =*

    ResponderExcluir
  7. Essas nossas forças ocultas...

    Submergimos quando já nos imaginávamos no fundo do lago,

    A gente as vezes, niglência a força que tem,

    Mas podemos ser como as marrecas, e dar gritos no final.
    Gritos felizes.


    Sam, amada: que delícia aqui estar, acalmar o espírito, ficar repleta de palavras,

    Que esse final de semana seja doce,


    Um beijo Menina que me vai no coração,

    ResponderExcluir
  8. Sam querida do meu coração de melão,
    adorei o post, porque temos que ir lá no fundo para quando subirmos sentirmos a leveza que só o lodo poderia ter nos dado!!!

    Um lindo findi pra ti lindona :)
    bjokitas com master carinho!

    ResponderExcluir
  9. Também não gosto de andar à superfície. Gosto de ir ao fundo da questão =) *

    ResponderExcluir
  10. Prezada amiga
    Hoje vim lhe agradecer pela sua linda e carinhosa presença lá no meu cantinho, através de um simples selinho, 300 seguidores , feito com muito carinho.
    Agradeço-lhe de todo o coração!
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  11. É o preço de viver a vida de verdade...Ai, ai.

    Um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Mergulhando... Sempre
    Pois no fundo se encontra
    mais que o lodo
    mais que o prazer
    de mergulhar
    indepedente do que se sente
    e do que se foi encontrar

    ResponderExcluir
  14. Nossa, adorei *-*
    "Eu sou essa gente que se dói inteira
    porque não vive só na superfície das coisas."
    (Marla de Queiroz)
    Belos textos!

    Beijo flor

    ResponderExcluir
  15. Olá Sam, gostei imenso de encontrar seu blog!

    É lindo!

    Rui

    ResponderExcluir
  16. Meu Anjo..
    Agora, neste momento,
    onde quer que esteja,
    sinta o coração tranqüilo,
    a alma leve, a mente junto da luz.
    Sinta neste momento, o ar que te rodeia,
    a vida que pulsa perfeita em você.
    Não se descuide nunca!!!!
    Dê sempre a você, o melhor...
    aceitando a transformação dos tempos,
    aprendendo que a cada dia,
    muito está reservado para a você.
    Então, seja feliz agora..
    Seus lindos Sonhos realizados.
    Um final de semana lindo e abençoado.
    Sua Amizade Para Mim é Tudo.
    Bjs,,Evanir,,

    ResponderExcluir
  17. Ás vezes somos tal qual as marrecas da superfície e outras vezes tal qual as marrecas das profundezas. As vezes nao queremos nos sujar com certos sentimentos, certos comprometimentos, certos pensamentos. E aí voamos nas superfícies, sem nada levar e sem nada deixar. Apenas passamos pelas águas.
    Mas quando decidimos mergulharmos de cabeça nesse mundo de sensações que se chama viver, saimos sobrecarregados de tanta vida, lambuzados pela energia que ela nos dá e cansados, mas satisfeitos com o mergulho que a vida nos permite, fazendo-nos dignos de sermos chamados de corajosos. E há sempre quem nos observa à distância.Como diz minha mãe, nada do que fazemos é oculto... Talvez pro homem sim, pra Deus nunca!
    Beijokas doces querida Sam.

    ResponderExcluir
  18. Tem selinho pra você em meu blog.
    Pega, pega, pega! É de coração!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Incrível, Sam!
    Gente que mergulha na vida e nos sentimentos, mergulha pra dentro de si mesmo.
    Sou dessa gente também.

    beeijo, flor linda*

    ResponderExcluir
  20. Há situações em que voar na superfície é tudo de bom. vencemos a ultrapassagem e nem nos machucamos. Em outras, porém, a necessidade de ir ao fundo é primordial, ainda que, para respirar, tenhamos dificuldades, e cheguemos ao outro lado com cicatrizes e lodo. De ambos podemos nos livrar, com a superação e o aprendizado.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  21. Sam, lindeza!
    Às vezes sou como as duas marrecas, as que voam
    na superfície ou as que atravessam nas profundezas.
    Depende da situação à qual me encontro.
    Às vezes atravesso pela superfície, silenciosamente, sem rastros marcantes. Outras, me atiro, vou fundo, me estrepo, mas saio do outro lado como quem venceu um campeonato.
    Como eu disse, tudo é muito relativo.
    Beijos, keridona.

    ResponderExcluir
  22. Sam, eu também gosto das coisas mais profundas, de modo que possamos navegar intrinsecamente no mais doce purpurar das águas e viajar de corpo, alma e mente naquilo que nos proporciona o bem-estar.

    O superficial tem sua base, e eu prefiro a base.

    Estava com saudades daqui. Que bom que cheguei pra me deliciar no teu cantinho.

    Tenha um fim de semana maravilhoso!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  23. Por vezes voar na superfície é bom, mas outras é necessário ir mais fundo...gostei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Para umas voar é ato natural, para outras, nadar o é, mas para todas escolher como e onde faz parte da natureza de cada dia que impele o movimento seja na superfície ou no fundo de vales e mares.
    Cada qual com seu momento raso e/ou profundo, mas sempre importante!
    Tuas escolhas retratam a profundidade de teu ser, linda Sam!
    Bjos mil,
    Calu

    ResponderExcluir
  25. Oi linda e querida Sam!
    Boa escolha este seu escrito!

    Um beijo grande e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  26. Jamais conseguiria viver somente na superficie ..eu mergulho inteiro..bj..boa noite.

    ResponderExcluir
  27. Ótimo isso...faz pensar...e pensar...(ainda pensando)...rs

    []s

    ResponderExcluir
  28. Muitas vezes precisamos sair da superfície,,,pra encontrar novas rotas...grande beijo de bom sábado pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  29. Não sou do tipo que anda na superficie e sim das que vão fundo, até onde for possível chegar.

    Um encanto o seu blog, já estou seguindo...
    quando puder passa lá no meu http://aksabandeira.blogspot.com/

    Bjus querida e um fim de semana chei de paz!!!

    ResponderExcluir
  30. Ciao Sam very nice blog
    greatings from Tuscan Landscapes
    Matteo

    ResponderExcluir
  31. Eu serei sempre essa gente que se dói, porque não vive (nem vai viver) na superficie das coisas.

    Sanzinha do coração,

    Eu já disse mil vezes que adoro seu blog?
    Que adoro você???

    Então tá dito!
    Será dito, sempre!

    Beijoooooooooo lindeza de menina!

    ResponderExcluir
  32. Sam,

    Quem olha somente a superficie das coisas engana-se a si próprio!...

    Beijos meus,
    AL

    ResponderExcluir
  33. viver a vida ao maximo
    sem restrições...

    tem seus preços
    muit bom sam

    e agradeço aos comentarios em meu blog
    é m prazer

    ResponderExcluir
  34. Que lindo Sam,quantos são como estas marrecas? Uma vida em plenitude é preciso este submergir vez em quando e sair forte e lindo.Que seja assim.
    Um abraço de paz.
    Bju de luz nos seus dias.

    ResponderExcluir
  35. lindissimo texto, emociona. n´so faz parar e olhar pra dentro de nós.

    beijinhos querida

    tenha um belíssimo domingo

    ResponderExcluir
  36. Encantador blog el tuyo, un placer haberme pasado por tu espacio.

    Saludos y buena tarde de domingo.

    ResponderExcluir
  37. Oi Sam,
    Somos todos assim, uns com a sensibilidade a flor da pele como vc por exemplo, outros preferem mergulhar e se mostrar menos.
    Mas com certeza o sentimento é o mesmo.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  38. oi Sam querida,

    temos que mergulhar bem fundo,
    para depois boiarmos tranquilamente
    na superfície das águas claras...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  39. SAM, QUERIDONA,
    Passando para lhe desejar uma bela e feliz semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  40. Minha querida

    Por vezes só nas asas do sonho a vida se completa, adorei e deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  41. Sanzinha linda, eu passando aqui pra te dar um abraço apertaaaaado ;)

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  42. Também detesto futilidades e superficialidades!!

    Regressado de um curtíssimo periodo de férias... fica aqui um beijinho.

    ResponderExcluir
  43. É preciso seguir pelos caminhos que se escolhe. Uns têm o destino mais tranquilo, outros escolhem os fundos turvos dos lagos. O importante é tentar sempre, erra por ação e nunca por imissão. Parabéns pela postagem.

    ResponderExcluir
  44. Ai eu sou essa gente também. Em demasia até.

    ResponderExcluir

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

(Exupéry)